21 de out de 2008

Para entender melhor a crise econÔmica mundial...

Historinha Para entender melhor a crise econÔmica mundial... Para aqueles que ainda não entenderam bem , aí vai uma criativa historinha, para ilustrar o que aconteceu. É assim: O seu Zeca tem um bar, na Vila Carrapato, e decide que vai vender cachaça “na caderneta” aos seus leais fregueses, todos bêbados, quase todos desempregados. Porque decide vender a crédito, ele pode aumentar um pouquinho o preço da dose da branquinha (a diferença é o sobrepreço que os pinguços pagam pelo crédito). O gerente do banco do seu Zeca, um ousado administrador formado em curso de emibiêi, decide que as cadernetas das dívidas do bar constituem, afinal, um ativo recebível, e começa a adiantar dinheiro ao estabelecimento tendo o pindura dos pinguços como garantia. Uns seis zécutivos de bancos, mais adiante, lastreiam os tais recebíveis do banco, e os transformam em CDB, CDO, CCD, UTI, OVNI, SOS ou qualquer outro acrônimo financeiro que ninguém sabe exatamente o que quer dizer. Esses adicionais instrumentos financeiros, alavancam o mercado de capítais e conduzem a operações estruturadas de derivativos, na BM&F, cujo lastro inicial todo mundo desconhece (as tais cadernetas do seu Zeca). Esses derivativos estão sendo negociados como se fossem títulos sérios, com fortes garantias reais, nos mercados de 73 países. Até que alguém descobre que os bêubo da Vila Carrapato não têm dinheiro para pagar as contas, e o Bar do seu Zeca vai à falência. E toda a cadeia sifu. Ficou claro agora???

7 de set de 2008

"Homem descasado procura.

"Homem descasado procura. Homem de 40 anos, que só gosta de mulher, após casamento de sete anos, mal sucedido afetivamente, vem através deste anúncio procurar mulher, que só goste de homem, para compromisso duradouro, desde que esta preencha certos requisitos. O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE tenha idade entre 28 e 40 anos, não descartando, evidentemente aquelas de idade abaixo do limite inferior, descartando as acima do limite superior. Devem ter um grau razoável de escolaridade, para que não digam, na frente de estranhos: "menas vezes", "quando eu se casei", "pobrema no uter", "eu já se operei do apênis", "é de grátis", "vamo de a pé", "adoro tar com você" e outras pérolas gramaticais. Os olhos podem ter qualquer cor, desde que sejam da mesma e olhem para uma mesma direção. Os dentes, além de extremamente brancos, todos os 32, devem permanecer na boca ao deitar e nunca dormirem mergulhados num copo d'água. Os seios devem ser firmes, do tamanho de um mamão papaia, cujos mamilos olhem sempre para o céu, quando muito para o purgatório, nunca para o inferno. Devem ter consistência tal que não escapem pelos dedos, como massa de pão. Por motivos óbvios, a boca e os lábios, devem ter consistência macia, não confundir com beiço. A barriga, se existir, muito pequena e discreta, e não um ponto de referência. O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE seja sexualmente normal, isto é, tenha orgasmos, se múltiplos melhor, mas mesmos os eventuais,quando acontecerem, que ela gema um pouco ou pisque os olhos, para que ele sinta-se sexualmente interessante. Independentemente da experiência sexual do PRETENDIDO, este exige que durante o ato sexual a PRETENDENTE não boceje, não ria, não fique vendo as horas no rádio relógio, durma ou cochile. O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE não tenha feito nenhuma sessão de análise, o que poderia camuflar, por algum tempo, uma eventual esquizofrenia. A PRETENDENTE deverá ter um carro que ande, nem que seja uma Brasília, que tenha dinheiro para o táxi, uma vez que pela própria idade do PRETENDIDO,ele não tem mais paciência para levar namorada de madrugada para casa. Enviar cartas, com foto recente, de corpo inteiro, frente e costas, para a redação deste jornal, para o codinome: "CACHORRO MORDIDO DE COBRA TEM MEDO ATÉ DE BARBANTE".

Resposta da PRETENDENTE

Resposta da PRETENDENTE, publicada dias após, no mesmo periódico cearense: Prezado HOMEM DESCASADO, li seu anúncio no jornal e manifesto meu interesse em manter um compromisso duradouro com o senhor, desde que (é claro) o senhor também preencha outros "certos" requisitos que considero básicos! Vale lembrar que tais exigências se baseiam em conclusões tiradas acerca do comportamento masculino em diversas relações frustradas, que só não deixaram marcas profundas em minha personalidade, porque "graças a Deus", fiz anos de terapia, o que infelizmente contraria uma de suas exigências! Quanto à idade convém ressaltar que espero que o senhor tenha a maturidade dos 40 anos e o vigor dos 28, e que seu grau de escolaridade supere a cultura que porventura tenha adquirido assistindo aos programas do "Show do Milhão"...! Seus olhos podem ser de qualquer cor desde que vejam algo além de jogos de futebol e revistas de mulher pelada. E seus dentes devem sorrir mesmo quando lhe for solicitado que lave a louça ou arrume a cama. Não é necessário que seus músculos tenham sido esculpidos pelo halterofilismo, mas que seus braços sejam fortes o suficiente para carregar as compras. Quanto à boca, por motivos também óbvios, além de cumprir com eficiência as funções a que se destinam, as bocas no relacionamento de um casal, deve servir inclusive para pronunciar palavras doces e gentis e não somente: "PEGA MAIS UMA CERVEJA AÍ,MULHER !" A barriga, que é quase certo que o senhor a tenha, é tolerável desde que não atrapalhe para abaixar ao pegar as cuecas e meias que jamais deverão ficar no chão. Quanto ao desempenho sexual espera-se que corresponda ao menos palidamente à "performance" daquilo que o senhor "diz que faz" aos seus amigos! E que durante o ato sexual, não precise levar à cama os livros: "Manual do corpo humano", ou "Mulher, esse ser estranho"! No que diz respeito ao item alimentação, cumpre estar atualizado com a lista dos melhores restaurantes, ser um bom conhecedor de vinhos e toda espécie de iguarias, além de bancar as contas, evidentemente. Em relação ao carro, tornam-se desnecessários os trajetos durante a madrugada, uma vez que, havendo correspondência nas exigências que por ora faço, pretendo mudar-me de mala e cuia para a sua casa......meu amor! Ass: A COBRA

Amigos loucos e sérios

Meus amigos são todos assim: metade loucura, outra metade santidade. Escolho-os não pela pele, mas pela pupila, que tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Louco que senta e espera a chegada da lua cheia. Quero-os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças. Escolho meus amigos pela cara lavada e pela alma exposta. Não quero só o ombro ou o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Pena, não tenho nem de mim mesmo, e risada, só ofereço ao acaso. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice. Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto, e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou, pois vendo-os loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a normalidade é uma ilusão imbecil e estéril.

Não vale a pena.

Daqui, deste posto avançado em que me encontro, deste mágico mirante, percebo que pela via do bem ou pela veia do mal já consegui na Vida algumas aquisições importantes. No final a gente sabe sempre muito pouco mas já aceito as minhas frustações, por exemplo, com a cabeça erguida e com os olhos lá adiante. Já aprendi que não importa quão boa seja uma pessoa ela vai me ferir de vez em quando e eu preciso perdoá-la por isso sob pena de ter o meu coração mergulhado no veneno do rancor. Aprendo todos os dias que falar faz bem, pode aliviar dores emocionais. E que não importa o que eu tenho na vida Mas pra onde estou indo, E se de repente eu fico sem saber pra onde estou indo... qualquer lugar serve! E descubro que só porque alguém não me ama do jeito que eu quero que me amem, não significa que esse alguém não me ame com tudo que pode porque existem pessoas que nos amam mas simplesmente não sabem com demonstrar. Aprendo que nem sempre é suficiente Ser perdoada pro alguém. Muitas vezes eu tenho que aprender a perdoar a mim mesma. E não importa em quantos pedaços meu coração foi partido: o mundo não pára para que eu o conserte. O Tempo não é algo que possa ¿voltar atrás¿. Aprendo que a Vida, sem Amor-por-mim-mesma, Não vale a pena. Não vale a pena. Assim, eu mesma planto o meu jardim E decoro a minha alma, Ao invés de esperar que alguém me traga flores.

Saudade

Dúzias de pregos soltos, três alfinetes de fralda pra servir de desmazelo. Um rolo de fita isolante, que nem teve serventia. seis retratos 3x4, fora o do relicário de prata, que não é meu, com mentira escrita no verso. Em prosa. Desarrumadas lembranças, uma carta de amor, três de baralho: um rei de pau, uma dama de quatro, um ás de ouro puro erro de cartomante. Uma chave de fenda, uma calcinha de renda, uma clave de lua, pena de passarinho, asa de borboleta, raiozinho de sol. Minhas caixinhas de música, conchinhas, tantos mares, minha coleção de pedras, meu colar de pérolas e aquele salto alto, que nunca foi lá. Dois espelhos, sete chaves e nenhuma abre a algema. Uma faca desafiada por um pulso sem coragem, uma tesoura sem ponta, assustando velhos papéis. Um missal de madrepérola, um santinho de São Jorge assassinando o dragão com um canivete suíço. Três segredos tão sufocados no amarrado da fita amarela. Um soluço, a última ilusão. Todos os versos que teimei, todas as bugigangas que juntei, todos os parafusos que perdi e quase esquecido, de lado, escondido entre rimas rasgadas, um martelo torto e sem cabo de tanto bater na saudade

AMOR

Não meça meus sentimentos, Nem tente compará-los a nada, Deles sei eu,, Eu e meus fantasmas, Eu e meus medos, Eu e minha alma. Sua incerteza me fere, Mas não me mata. Suas dúvidas me açoitam, Mas não deixam cicatrizes. Não me fale de nuvens, Eu sou Sol e Lua, Não conte as poças, Eu sou mar, Profundo, intenso, passional. Não exija prazos e datas, Eu sou eterno e atemporal. Não imponha condições, Eu sou absolutamente incondicional. Não espere explicações, Não as tenho, apenas aconteço, Sem hora, local ou ordem. Vivo em cada molécula, Sou o todo e sou uno, Você não me vê, Mas me sente, Estou tanto na sua solidão, Quanto no meu sorriso. Vive-se por mim, Morre-se por mim, Sobrevive-se sem mim, Eu sou o começo e fim, E todo o meio. Sou seu objetivo, Sua razão que a razão Ignora e desconhece, Tenho milhões de definições, Todas certas, Todas imperfeitas, Todas lógicas apenas Em motivações pessoais, Todas corretas, Todas erradas, Sou tudo, Sem mim, tudo é nada. Sou amanhecer, Sou Fênix, Renasço das cinzas, Sei quando tenho que morrer, Sei que sempre irei renascer, Mudo protagonista, Nunca a história. Mudo de cenário, Mas não de roteiro. Sou música, Ecôo, reverbero, sacudo. Sou fogo, Queimo, destruo, incinero. Sou água, Afogo, inundo, invado. Sou tempo, Sem medidas, sem marcações. Sou clima, Proporcional a minha fase. Sou vento, Arrasto, balanço, carrego. Sou furacão, Destruo, devasto, arraso. Mas sou tijolo, Construo, recomeço ... Sou cada estação, No seu apogeu e glória. Sou seu problema E sua solução. Sou seu veneno E seu antídoto Sou sua memória E seu esquecimento. Eu sou seu reino, seu altar E seu trono. Sou sua prisão, Sou seu abandono e Sou sua liberdade. Sua luz, Sua escuridão E seu desejo de ambas, Velo seu sono ... Poderia continuar me descrevendo Mas já te dei uma idéia do que sou, Muito prazer, tenho vários nomes, Mas aqui, na sua terra, Chamam-me de AMOR Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional." (Roger Crawford)

Ser ou não ser

Às vezes me dá uma vontade tão grande de deixar cair a máscara e me mostrar frágil, sensível e medrosa... Mas não posso. Sempre esperam de mim mais do que sou capaz de oferecer. E mesmo assim ofereço... Esperam respostas... e mesmo sem tê-las, respondo. Esperam que eu assuma comandos... e mesmo sem coragem, assumo. Esperam a palavra que impulsiona... e mesmo emudecendo, impulsiono. É preciso enfrentar o medo com um sorriso nos lábios e a alma dilacerada. Afinal, quem vê minha alma? Essa só eu sinto.. só eu vejo... Só eu sei...

Minha alma

Minha alma garante estar bem, descobri isso ao fazer uma viagem ao redor do meu ser... Passando pelas recordações, pensando no destino.. A única coisa que é certa agora é o presente. Confesso (que nestes dias de Setembro, a inspiração não me tem invadido. Pouco ou nada tenho escrito ultimamente... no entanto ontem decidi fazer um pequeno esforço e passar para o papel pelo menos uma parte dos meus pensamentos. Já percebi que sou uma pessoa inconformada com tudo, talvez um pouco ambiciosa, mas tudo me parece um teatro, nem sei se acredito em destino, sempre estou em alguma estrada. Estrada que se chama anos e experiências. O mais importante nisso é que nunca caminhamos sozinhos e neste momento me sinto feliz por saber que não caminho só. Nenhum ser humano é como uma ilha, ninguém está só! A solidão é um estado de espírito e Deus sempre está do nosso lado, ou melhor, sempre está nos carregando no colo. Enfim acho que é isso. Vou terminar com algumas palavras que passaram pela minha cabeça neste momento.. Perto... Dia após dia... Campainha... Saudade... (In)conformada... Aprendendo a viver... Espero um dia deixar de esperar... Fotografia...

4 de set de 2008

Depressão. Onde está?

Eu era uma mesa novinha. Bonita. Feita pelas mãos do melhor carpinteiro do mundo... Fui entalhada com amor, com matéria prima de qualidade. Nasci forte. Meus detalhes foram esculpidos com sentimento, com o carinho das mãos do meu pai. Não há outra mesa como eu em toda Terra. Participei de bons momentos. Ajudei muito. Estive presente nos tempos de alegria e nos tempos de dificuldade. Sempre firme, segurando tudo e a todos. Jamais rejeitei uma carga, mesmo que estivesse acima da minha capacidade... Quanto significado tive na vida dos que me rodeiam! Participei do progresso, da luta. Recebi lágrimas e risos. Sempre me doei e sei que se não estivesse ali, faria muita falta. Mas, como sempre estava, quase nunca era notada. E assim transcorreu minha vida. Como a vida da maioria das mesas: sempre muito participante, cooperando, mas sem reclamar muitos cuidados. Afinal a função da mesa é servir. Mas o tempo passou, e com ele, e a falta de cuidado, fui me desgastando. Minhas quinas um pouco rachadas tornaram-se ásperas. Às vezes, acabava ferindo alguém, mas não era de propósito. Talvez, se tivessem me restaurado no início, eu voltasse a ser bela e útil como antes. Mas a vida é tão corrida e não há tempo a perder com restaurações... Mesmo apesar do desgaste, do mau uso e da falta de cuidado, prossegui em minha missão, doando o melhor de mim. As pessoas ao redor acostumaram-se com minhas arestas e, para evitar um ferimento, desviavam-se de mim. Quando necessitavam, chegavam com cautela para que não houvesse atrito entre nós Apesar do meu esforço em resistir, pude perceber que algo me roía por dentro. Já não tinha a mesma força de antes. Sentia minhas pernas fraquejarem ao menor peso. Meu tampão antes tão belo e forte, agora cheio de manchas e rabiscos, parecia afundar em si mesmo.Senti medo, pois não sabia o que estava acontecendo, mas ainda queria servir e estar presente. Um dia, quase sem perceber, desmoronei. Todos dão uma desmoronada, um dia. O peso era pequeno, mas para mim parecia uma tonelada! Quebrei o que estava sobre mim e também algumas coisas à minha volta. Feri os que eu mais amava, pois estavam mais próximos na hora da queda. Todos me olharam com espanto, alguns com indignação, outros com raiva.Ninguém esperava aquilo. Nem eu. Mas já havia sido devorada, em meu interior, por bichinhos rápidos e silenciosos chamados “cupins”. Os cupins costumam deixar uma “sujeirinha”, mas a pressa, às vezes, nos impede de parar e socorrer a mesa antes que ela desabe. Afinal ela ainda está servindo para a sua finalidade... Sabe, moça, esse cupim se chama DEPRESSÃO. A mesa sou eu. A mesa é você. É sua mãe que lhe importuna. É seu avô que reclama demais. É seu filho rebelde. É seu namorado ciumento e estressado. É o desemprego. O marido ausente e pessimista. É a esposa impaciente. Relendo a história da mesa, você poderá considerar sua própria vida, e a vida daqueles que a cercam. Estamos caminhando para o mesmo fim? Eu lhe digo. Mesmo que sua mesa tenha caído, mesmo que ela tenha quebrado muitas coisas e pareça imprestável; mesmo que vá dar muito trabalho consertá-la, CONSERTE-A! Não descarte seus pais, seus filhos, seu cônjuge, seus amigos. Não descarte a si mesma! É possível a restauração! A pessoa deprimida é aquela que doou tudo de si, que esvaziou-se por completo para alcançar algo que ela considerava um bem... A pessoa deprimida precisa de companhia. Alguém que ajude a encontrar o melhor material para preencher os vazios que a depressão causou. Que ajude a aparar as arestas. Alguém que a queira nova outra vez. Se, para todo bem, há uma participação Divina, Deus neste momento está providenciando o necessário para que você encontre forças e alternativas para ajudar. Se você está em depressão, erga os olhos. A ajuda vem do alto. Mas também vem dos lados: de um abraço, uma conversa, uma carta, um e-mail. Lembre-se de que, para Deus, tudo é possível. É POSSÍVEL SER UMA MESA NOVA! “A depressão é uma travessia..Um estado de espírito.. Um momento... Ela pode durar muito ou pouco. Mas, em qualquer das hipóteses, fica mais fácil na companhia de Deus, da família,e dos amigos verdadeiros. Confie!

CARTA DE UMA MÃE PORTUGUESA

Lisboa, Portugal... Querido filho Manuel Joaquim: Escrevo-te esta linha para que saibas que a mãe está viva. Vou escrever bem devagar, pois sei que não consegues ler depressa. Caso estejas sem tempo de escrever à mãe, manda uma carta dizendo que quando estiveres mais tranqüilo vais mandar notícias. Se tu viesses hoje aqui em casa não irias reconhecer mais nada, porque mudamos. Temos agora uma máquina de lavar roupa. Mas não trabalha muito bem. Na semana passada pus lá 14 camisas, apertei o botão e nunca mais as vi. Vai ver que esta marca Hydra não é das melhores. Tua irmã Maria está grávida. Mas ainda não sabemos se vai ser menino ou menina. Portanto, não podemos te dizer se vais ser tio ou tia. Teu pai arranjou um bom emprego. Tem 2300 homens abaixo dele. É o responsável pelo corte da grama do cemitério. Quem anda sumido é teu tio Venâncio, que morreu no ano passado. Lembra-te do teu tio Joaquim? Então... afogou-se no mês passado num depósito de vinho. Oito compadres dele tentaram salvá-lo, mas o tio lutou bravamente contra eles. O corpo foi cremado há duas semanas. Levaram oito dias para apagar o incêndio. Os engarrafadores de refrigerante aqui finalmente tiveram a grande idéia de colocar uma indicação na tampinha, dizendo "abra por aqui". Facilitou-nos muito a vida. Espero que os daí façam a mesma coisa. Caso esteja difícil para ti, a mãe te manda algumas garrafas. Teu irmão, João Manuel, continua o mesmo de sempre. Semana passada fechou o carro com as chaves dentro. Perdeu um tempão indo até a casa pegar a cópia da chave, para poder tirar-nos todos de dentro do automóvel. Estava um calor de rachar. Por falar em calor, o tempo aqui está muito estranho. Esta semana só choveu duas vezes. Na primeira vez choveu durante 3 dias. Na segunda vez choveu durante 4 dias. Esta carta te mando através do Gabriel, que vai amanhã para aí. A propósito, será que podes pegá-lo no aeroporto? Lembrei de uma coisa importante. Terás um problema para falar com a mãe, caso decidas escrever-me. Não sei o endereço desta casa nova. A última família que morou aqui, antes de nós, também era portuguesa e levou a placa da rua e o número da casa para não precisar mudar de endereço. Se encontrares a Teresa, dê-lhe um alô da minha parte. Caso não a encontres, não precisas dizer nada. Adeus. Tua mãe que te ama. Fátima Manoela da Alcova P.S.: ia mandar-te 2000 euros, mas fica para outra vez. Já fechei o envelope.

Plástica frustrada

Modelo processa cirurgião por não ter alinhado os bicos dos seios, mas cirurgião insiste que eles aparentam estar alinhados

14 de ago de 2008

É difícil

É..são varias dificuldades.. Eu ja sabia que ia passa por muiitaas ..mas PASSAR mesmo por elas ..é bem diferente.. Tudo começo no dia 13 de junho ..na verdade,umas dores não explicadas já me acompanhavam a 2 chatos meses,más enfim ..a noticia que realmente mudará minha vida veio no dia 13. Cancêr, uma doença séria que com certeza eu nunca teria..antes daquele dia 13 eu via essa palavra assim,agora, continua sendo uma doença séria..a diferença é que eu tenho. Nenhum pouco parecido com nada foi a sensação de ver aquele homem de avental vindo em direção a mim com o meu exame de sangue e uma cara amarrada. Ver meu marido chorando depois das tão temidas palavras sairem da boca do mesmo ..foi horrivel. Você esta com cancêr..eram 4 palavras que eu tinha que saber aceitar e lidar da melhor forma possivel..graças a Deus estou sabendo. Cada dia é um novo dia.com novas coisas ..no meu caso ..novos desafios,más sem duvida nenhuma ..novas vitorias. Desde do segundo dia que descobri que estava doente..desde aquele momento ..eu nunca tive nenhuma duvida de que vou ser curada. São dois anos de tratamento.Vão ser,ou melhor, estão sendo dois anos dificeis..não tenho duvidas que vou sofrer bastante más também não tenho duvidas que daqui dois anos vocês vão ler um texto muito maior que esse escrito TUDO que eu passei nesses dois anos de tratamento escrito por mim. Chato ...é pensar que tem muiita gnt por ai ..que nao aproveita o seu tempo ..aah se eles soubessem o q eh simplismente nao ter esse tempo q eles jogam fora.

Pai

Pai, te amo! Te amo por tudo E por nada do que me fizestes. Te amo pelo que me ensinastes E pelo que te ensinei. Também pelas palavras que sempre Quis ouvir de ti, Sem, no entanto, no momento Não poder ouvir mais. Te amo por cada minuto Que passei a teu lado E por cada lágrima Derramada na tua ausência. Te amo pelos abraços apertados. Pai, é tão simples te amar, Basta me sentir em ti E te ter em mim no coração Apesar de acreditar Que a Morte não existe Que apenas, trocamos nosso Corpo fisico pelo espiritual, e que vamos nos encontrar, sinto demais sua Falta meu Pai!!! Te amo,Um dia vamos nos encontrar.
# Nandinha ) õ// feminino, solteiro(a) São Paulo, Brasil enviar mensagem enviar cantada + favoritos + paqueras + gatos & gatas ignorar usuário denunciar abuso « menos mais » perfil recados fotos vídeos depoimentos Apps BuddyPoke! Vou, Não Vou! Meus Momentos .. OyO músicas Meus Amigos Euzinha « menos mais » OI NANDA, TD BEM,FILHA????? queria te mandar umas imagens com seu nome,que eu fiz, mas não consigo porque o seu orkut está bloqueado para mim. Beijos Continuo te amando do mesmo jeito enviar recado visualizar adicionar foto dicas de recados visualizar Privacidade solicitada pelo dono Você não pode enviar recados para # Nandinha ) Você não pode criar este recado.(bloqueado) cancelar nenhum recado seu primeira | < anterior | próxima > | última | Sobre o orkut | Acesse orkut.com | Blog | Desenvolvedores | Centro de segur

Estranhamente...

Estranhamente... Há momentos em que parece que nada vale a pena. Que tá tudo errado! Basta uma palavra, um gesto, pra desencadear de dentro de si tudo que vc aguenta calada, tentando ser forte, tentando não ver o que incomoda em vc, tentando parecer que tudo é muito fácil. Fácil é não perceberem que nada é fácil pra vc. E dá uma vontade danada de chorar... choro! Conforto-me... ninguém mais do que eu pra entender minhas lágrimas, as angústias que disfarço, a ansiedade que me testa e a esperança que me motiva a fazer dos momentos difíceis só mais um dos muitos momentos que a vida nos oportuniza experimentar. Mas é engraçado como o sofrer nos convida a ficar. Estranhamente dá vontade de vc ficar ali chorando, remoendo amarguras, procurando culpas ou desculpas. Ouço os suspiros dentro de mim. Estranhamente...
Sim, eu ainda acredito que o mundo possa ser cor-de-rosa. (Cor-de-rosa não, na verdade não gosto de cor-de-rosa e nunca tive uma vida cor-de-rosa). Digamos que eu ainda acredite que o mundo possa ser amarelinho, como o sol e como a cor da roupinha que vestia ao sair da maternidade. Um mundo perfeito ao meu redor... É sim... eu ainda acredito que pessoas possam se aproximar de mim simplesmente pelo que sou, por ter algo de bom que as tenha trazido até mim e não para sugarem algo de mim. Eu ainda acredito que ao meu redor possam ter pessoas que me queiram bem, que sorriam comigo e para mim e que se preocupem em que tudo dê certo. Eu ainda acredito em amizade, amor e respeito entre os seres humamos. Por acreditar nestas coisas todas já sofri, chorei e me decepcionei muito. Não poucas as vezes, sou chamada de ingênua e me sinto uma boba aos meus quase 50 anos. Ainda teimo em acreditar que todo bom sentimento que eu tenha por alguém possa ser recíproco, sem me dar conta de que muitas vezes amo unilateralmente, preocupo-me unilateralmente, muitas vezes só eu ainda sou a amiga... e ainda não percebi. Só aquela pessoa ainda me é muito querida... a recíproca nem sempre é verdadeira. Apesar de tudo isso, ainda tento acreditar neste mundo e nas pessoas. Mas isto confunde a gente. Por vezes enfraquece nossos mais lindos sentimentos de reciprocidade pelo outro. Isto endurece o coração da gente. Por vezes vc percebe que após cada decepção vc passa a amar um pouco menos. Muda-se a essência, aumentam-se as defesas e armaduras, seu olhar passa a ter um "quê" de desconfiança, o tal do "pé atrás" se faz sempre presente. E as relações vão se tornando bem menos calorosas, as pessoas bem mais reservadas e fechadas em si mesmas, aprisionando-se. Mas este meu mundo amarelinho ainda existe sim. É bem pequenininho, mas nele moram outras pessoas que tb fazem sua parte para um mundo mais gostoso de se viver. Almas irmãs, que escolhem-se abraçar... os amigos de verdade, em quem posso confiar. São poucos, são bem poucos... mas existem e são o sol do meu mundo amarelinho e quase perfeitinho.

30 de jul de 2008

NOMES DOS ANJOS

Você já reparou os nomes dos anjos? Gabriel, Rafael, Miguel e outros anjos... todos terminam com ''el''. Como todos os estudiosos sérios, teólogos e rabinos sabem, as tabelas de anjos foram criadas sem fundamento... Sendo assim, seguem no texto abaixo, as novas Descobertas relativas aos estudos desses seres protetores. NOVOS ANJOS: Motel - anjo protetor dos amantes; Aluguel - anjo mau. Não deixa a pessoa conseguir sua casa própria; Embratel - anjo protetor do monopólio das comunicações ; Chanel - anjo protetor dos costureiros e estilistas; Papai Noel - anjo protetor do comércio. Só aparece no fim de ano; Tonel - anjo protetor dos alcoólatras anônimos e bêbados em geral; Pastel - anjo protetor da colônia japonesa; Samuel - anjo protetor da poupança; Gel - anjo que protege as pessoas com cabelos rebeldes; Bordel - anjo protetor do sexo grupal; Manoel - anjo protetor das piadas preconceituosas; Papel - anjo protetor daqueles com intestinos soltos; Anatel - anjo que, como qualquer outro órgão do governo, não serve para coisa nenhuma.

VOCÊ é especial

Não estacione seus sonhos e suas idéias em um lugar oculto. Mostre para o mundo, qual grande é o seu pensamento e o seu coração. Só assim, todos entederão o seu valor." VOCÊ é especial...nunca duvide disso !!

Amigos vejam isso...Nunca vi nada igual!!!

Noooooossa nunca vi nada igual Pessoal, Olha que ação publicitária incrível ! Quando seu telefone tocar, mantenha o site aberto e atenda. Isso que é empresa rica!! Viva o Brasil! Noooooossa nunca vi nada igual

28 de jul de 2008

Dia do Amigo

"A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você."

Sensibilidade masculina no casamento

Tava num clima meio ruim com o maridão e resolvi fazer uma surpresa... Comprei 250 velas de tamanhos diferentes, 10 dúzias de rosas vermelhas, espumante, queijos e frutas e decorei toda a casa. Nosso quarto fica no segundo andar e eu fiz um caminho de velas desde a porta de entrada até o quarto... As escadas iluminadas, tudo lindo !!! Chamei um casal de amigos para acender as 250 velas antes de chegarmos a casa. A cama estava coberta com pétalas de flores... Arranjos maravilhosos de antúrios (flores que usamos no nosso casamento), além do espumante no gelo e as frutas, queijos e frios completavam o clima do quarto. Guardamos o carro na garagem e pedi pro marido ir à frente que eu já estava saindo do carro. Enquanto ele abria a porta eu tratei de tirar o vestido. Fiquei só de lingerie e cinta-liga . Imagina a cena... Quando meu maridão(...) abriu a porta eu desci do carro. Semi-nua, claro !!! Quando olhei a cara do meu marido percebi que ele estava BRANCO. Virou pra mim, sem perceber meu modelito, e gritou: - A casa tá pegando fogo!!! Eu, calmamente, disse para ele olhar novamente. Fiz até uma cara 'sexy' para dizer isso... Ele abriu a porta mais uma vez e gritou, mais branco ainda : - PUT* QUE PARIU !!!!!!!!!! Não é incêndio !!!!! É MACUMBA !!!!!!!!!!!! Moral da história? Assim nascem os cornos!!!!!! (hehe, recebí por email

O jeito deles

O que é que faz a gente se apaixonar por alguém? Mistério misterioso. Não é só porque ele é esportista, não é só porque ela é linda, pois há esportistas sem cérebro e lindas idem, e você, que tem um, não vai querer saber de descerebrados. Mas também não basta ser inteligente, por mais que a inteligência esteja bem cotada no mercado. Tem que ser inteligente e... algo mais. O que é este algo mais? Mistério decifrado: é o jeito. A gente se apaixona pelo jeito da pessoa. Não é porque ele cita Camões, não é porque ela tem olhos azuis: é o jeito dele de dizer versos em voz alta como se ele mesmo os tivesse escrito pra nós; é o jeito dela de piscar demorado seus lindos olhos azuis, como se estivesse em câmera lenta. O jeito de caminhar. O jeito de usar a camisa pra fora das calças. O jeito de passar a mão no cabelo. O jeito de suspirar no final das frases. O jeito de beijar. O jeito de sorrir. Vá tentar explicar isso. Pelo meu primeiro namorado, me apaixonei porque ele tinha um jeito de estar nas festas parecendo que não estava, era como se só eu o estivesse enxergando. O segundo namorado me fisgou porque tinha um jeito de morder palitos de fósforo que me deixava louca ok, pode rir. Ele era um cara sofisticado, e por isso mesmo eu vibrava quando baixava nele um caminhoneiro. O terceiro namorado tinha um jeito de olhar que parecia que despia a gente: não as roupas da gente, mas a alma da gente. Logo vi que eu jamais conseguiria esconder algum segredo dele, era como se ele me conhecesse antes mesmo de eu nascer. Por precaução, resolvi casar com o sujeito e mantê-lo por perto. E teve aqueles que não viraram namorados também por causa do jeito: do jeito vulgar de falar, do jeito de rir sempre alto demais e por coisas totalmente sem graça, do jeito rude de tratar os garçons, do jeito mauricinho de se vestir: nunca um desleixo, sempre engomado e perfumado, até na beira da praia. Nenhum defeito nisso. Pode até ser que eu tenha perdido os caras mais sensacionais do universo. Mas o cara mais sensacional do universo e a mulher mais fantástica do planeta nunca irão conquistar você, a não ser que tenham um jeito de ser que você não consiga explicar. Porque esses jeitos que nos encantam não se explicam mesmo.

Relacionamento

1 - Sempre acho que namoro, casamento, romance tem começo, meio e fim. Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa: "Ah,terminei o namoro..." "Nossa, quanto tempo?" "Cinco anos... Mas não deu certo... acabou" É não deu...' Claro que deu!!! Deu certo durante cinco anos,só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores. 2 - Hoje , no alto dos meus tantos anos,.., não acredito muito que os "opostos se atraem". Porque sempre uma parte vai ceder muito e se adaptar demais. E sempre esta é a parte mais insatisfeita. Acredito mais em quem tem intereses em comum. Se você adora dançar forró, melhor namorar quem também gosta, se voce gosta de cutura italiana, melhor alguém que também goste. Frequentar lugares que você gosta ajuda a encontrar pessoas com interesses parecidos com os teus. A extrovertida e o caretão anti-social é complicado e depois, entra naquela questão de "um querer mudar o outro, ui..." Pessoas mudam quando querem. E porque querem. E pronto. E demora! 3 - Cama é essencial! Aliás, pele é fundamental. E tem gente que é mais sexual, outras que são mais tranquilas. O garanhão insaciável e a donzela sensível, acho meio estranho. Isto causa muitas frustrações e dá-lhe livros de auto ajuda sobre sexo. Assim como outras coisas, cada um tem um perfil sexual. Cheiro, fantasias, beijo, manias, quanto mais sintonia, melhor. 4 - Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro? E não temos esta coisa completa. Às vezes ele é fiel, mas não é bom de cama. Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel. Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador. Às vezes ela é malhada, mas não é sensível. Tudo nós não temos. Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele. 5 - Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia. E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona... Acho que o beijo é importante...e se o beijo bate, se joga. Se não bate...mais um Martini, por favor... E vá dar uma volta. 6 - ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer. Não lute, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não. Existe gente que precisa da ausência para querer a presença. O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos. Mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama. Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro, pressão de família? O legal é alguém que está com você por você e vice versa. Não fique com alguém por dó também. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento. Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia? 7 - Gostar dói. Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração. Faz parte. Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo. E nem sempre as coisas saem como você quer... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver. Se alguém vier com este papo, corra, afinal, você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível. Na vida e no amor, não temos garantias. E nem todo sexo bom é para namorar. Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. Nem todo sexo bom é para descartar. Ou se apaixonar. Ou se culpar. Enfim...quem disse que ser adulto é fácil?

30 de mar de 2008

Secretária bem Sucedida


Foi tudo muito rápido.

A executiva bem-sucedida sentiu uma pontada no peito, vacilou, cambaleou. Deu um gemido e apagou.

Quando voltou a abrir os olhos, viu-se diante de um imenso Portal.

Ainda meio zonza, atravessou-o e viu uma miríade de pessoas.

Todas vestindo cândidos camisolões e caminhando despreocupadas.

Sem entender bem o que estava acontecendo, a executiva bem-sucedida abordou um dos passantes:

- Enfermeiro, eu preciso voltar urgente para o meu escritório, porque tenho um MEETING importantíssimo. Aliás, acho que fui trazida para cá por engano, porque meu convênio médico é classe A, e isto aqui está me parecendo mais um pronto-socorro. Onde é que nós estamos?

- No céu.

- No céu?...

- É. Tipo assim, o céu.

- Aquele com querubins voando e coisas do gênero.

- Certamente. Aqui todos vivem em estado de gozo permanente.

Apesar das óbvias evidências (nenhuma poluição, todo mundo sorrindo, ninguém usando telefone celular), a executiva bem-sucedida custou um pouco a admitir que houvesse mesmo apitado na curva.

Tentou então o plano B: convencer o interlocutor, por meio das infalíveis técnicas avançadas de negociação, de que aquela situação era inaceitável. Porque, ponderou dali a uma semana ela iria receber o bônus anual, além de estar fortemente cotada para assumir a posição de presidente do conselho de administração da empresa. E foi aí que o interlocutor sugeriu:

- Talvez seja melhor você conversar com Pedro, o síndico.

- É? E como é que eu marco uma audiência? Ele tem secretária?

- Não, não. Basta estalar os dedos e ele aparece.

- Assim? (...)

- Pois não?

A executiva bem-sucedida quase desaba da nuvem. À sua frente, imponente, segurando uma chave que mais parecia um martelo, estava o próprio Pedro. Mas, a executiva havia feito um curso intensivo de approach para situações inesperadas e reagiu rapidinho:

- Bom dia. Muito prazer. Belas sandálias. Eu sou uma executiva bem-sucedida e...

- Executiva... Que palavra estranha. De que século você veio?

- DO 21. O distinto vai me dizer que não conhece o termo "EXECUTIVA"?

- Já ouvi falar. Mas não é do meu tempo.

Foi então que a executiva bem-sucedida teve um insight.

A máxima autoridade ali no paraíso aparentava ser um zero à esquerda em modernas técnicas de gestão empresarial. Logo, com seu brilhante currículo tecnocrático, a executiva poderia rapidamente assumir uma posição hierárquica, por assim dizer, celestial ali na organização.

- Sabe meu caro Pedro. Se você me permite, eu gostaria de lhe fazer uma proposta. Basta olhar para esse povo todo aí, só batendo papo e andando a toa, para perceber que aqui no Paraíso há enormes oportunidades para dar um UPGRADE na produtividade sistêmica.

- É mesmo?

- Pode acreditar, porque tenho PHD em reengenharia. Por exemplo, não vejo ninguém usando CRACHÁ . Como é que a gente sabe quem é quem aqui, e quem faz o quê?

- Ah, não sabemos.

- HEADCOUNT, então, não deve constar em nenhum versículo, correto?

- HÃ?

- Entendeu o meu ponto? Sem controle, há dispersão. E dispersão gera desmotivação. Com o tempo isto aqui vai acabar virando uma anarquia. Mas nós dois podemos consertar tudo isso rapidinho implementando um simples programa de TARGETS individuais e avaliação de PERFORMANCE.

- Que interessante...

- Depois, mais no médio prazo, assim que os fundamentos estiverem sólidos e o pessoal começar a reclamar da pressão e a ficar estressado, a gente acalma a galera bolando um sistema de STOCK OPTION, com uma campanha motivacional IMPACTANTE, tipo: "O melhor céu da América Latina".

- Fantástico!

- É claro que, antes de tudo, precisaríamos de uma hierarquização de um organograma funcional, nada que dinâmicas de grupo e avaliações de perfis psicológicos não consigam resolver.

- Aí, contrataríamos uma consultoria especializada para nos ajudar a definir as estratégias operacionais e estabeleceríamos algumas metas factíveis de LEVERAGE, maximizando, dessa forma, o retorno do investimento do Grande Acionista... Ele existe certo?

- Sobre todas as coisas...

- Ótimo. O passo seguinte seria partir para um DOWNSIZING progressivo, encontrar sinergias HIGH-TECH, redigir manuais de procedimento, definir o marketing mix e investir no desenvolvimento de produtos alternativos de alto valor agregado. O mercado TELESTÉRICO, por exemplo, me parece extremamente atrativo.

- Incrível!

- É óbvio que, para conseguir tudo isso, nós dois teremos que nomear um BOARD de altíssimo nível. Com um pacote de remuneração atraente, é claro, coisa assim de salário de seis dígitos e todos os FRINGE BENEFITS e mordomias de praxe.

Porque, agora falando de colega para colega, tenho certeza de que você vai concordar comigo, Pedro. O desafio que temos pela frente vai resultar em um TURNAROUND radical.

- Impressionante!

- Isso significa que podemos partir para a IMPLEMENTAÇÃO?

- Não. Significa que você terá um futuro brilhante se for trabalhar com o nosso concorrente. Porque você acaba de descrever, exatamente, como funciona o Inferno...

De mãe para mãe




"Hoje vi seu enérgico protesto diante das câmeras de televisão
contra". a transferência do seu filho, menor infrator, das
dependências da
FEBEM em São Paulo para outra dependência da FEBEM no interior do
Estado. Vi você se queixando da distância que agora a separa do seu
filho, das
dificuldades e das despesas que passou a ter para visitá-lo, bem como
de outros inconvenientes decorrentes daquela transferência.
Vi também toda a cobertura que a mídia deu para o fato, assim como vi
que não só você, mas igualmente outras mães na mesma situação, contam
com o apoio de comissões, pastorais, órgãos e entidades de defesa de
direitos humanos.
Eu também sou mãe e, assim, bem posso compreender o seu protesto.
Quero com ele fazer coro. Enorme é a distância que me separa do meu
filho. Trabalhando e ganhando pouco, idênticas são as dificuldades e
as despesas que tenho para visitá-lo. Com muito sacrifício, só posso
fazê-lo aos domingos porque labuto, inclusive aos sábados, para
auxiliar no sustento e educação do resto da família.
Felizmente conto com o meu inseparável companheiro, que desempenha,
para mim, importante papel de amigo e conselheiro espiritual. Se você
ainda não sabe, sou a mãe daquele jovem que o seu filho matou
estupidamente num assalto a uma videolocadora, onde ele, meu filho,
trabalhava durante o dia para pagar os estudos à noite.
No próximo domingo, quando você estiver abraçando, beijando e fazendo
carícias no seu filho, eu estarei visitando o meu e depositando flores
no seu humilde túmulo, num cemitério da periferia de São Paulo... Ah!
Ia me esquecendo: e também ganhando pouco e sustentando a casa, pode
ficar tranquila, viu? Que eu estarei pagando de novo, o colchão que
seu querido filho queimou lá na última rebelião da Febem, tá?"".

Deus


Eram aproximadamente 22:00 horas quando um jovem começou a se dirigir para casa.
Sentado no seu carro, ele começou a pedir:
- "Deus! Se ainda falas com as pessoas, fale comigo.
Eu irei ouvi-lo.
Farei tudo para obdecê-lo"
Enquanto dirigia pela rua principal da cidade, ele teve um pensamento muito
estranho:
- "Pare e compre um galão de leite".
Ele balançou a cabeça e falou alto:
- "Deus? É o Senhor?".
Ele não obteve resposta e continuou dirigindo-se para casa.
Porém, novamente, surgiu o pensamento:
- "Compre um galão de leite".
"Muito bem, Deus! No caso de ser o Senhor, eu comprarei o
leite".
Isso não parece ser um teste de obediência muito difícil...
Ele poderia também usar o leite.
O jovem parou, comprou o leite e reiniciou o caminho de casa.
Quando ele passava pela sétima rua, novamente ele sentiu um pedido:
- "Vire naquela rua".
Isso é loucura...
- pensou
- e, passou direto pelo retorno.
Novamente ele sentiu que deveria ter virado na sétima rua.
No retorno seguinte, ele virou e dirigiu-se pela sétima rua.
Meio brincalão ele falou alto
- "Muito bem, Deus. Eu farei".
Ele passou por algumas quadras quando de repente sentiu que devia parar.
Ele brecou e olhou em volta.
Era uma área mista de comércio e residência.
Não era a melhor área, mas também não era a pior da vizinhança.
Os estabelecimentos estavam fechados e a maioria das casas estavam escuras, como
se as pessoas já tivessem ido dormir, exceto uma do outro lado que estava acesa.
Novamente, ele sentiu algo:
- "Vá e dê o leite para as pessoas que estão naquela casa do outro lado da rua".
O jovem olhou a casa.
Ele começou a abrir a porta mas voltou a sentar-se. -" Senhor, isso é loucura.
Como posso ir para uma casa estranha no meio da noite?".
Mais uma vez, ele sentiu que deveria ir e dar o leite. Finalmente,ele abriu a
porta...
- " Muito Bem, Deus, se é o Senhor, eu irei e entregarei o leite àquelas
pessoas.
Se o Senhor quer que eu pareça uma pessoa louca, muito bem.
Eu quero ser obediente.
Acho que isso vai contar para alguma coisa, contudo, se eles não responderem
imediatamente, eu vou embora daqui".
Ele atravessou a rua e tocou a campainha.
Ele pôde ouvir um barulho vindo de dentro, parecido com o choro de uma criança.
A voz de um homem soou alto:
- "Quem está aí? O que você quer?"
A porta abriu-se antes que o jovem pudesse fugir.
Em pé, estava um homem vestido de jeans e camiseta.
Ele tinha um olhar estranho e não parecia feliz em ver um desconhecido em pe na
sua soleira.
- "O que é?".
O jovem entregou-lhe o galão de leite.
- "Comprei isto para vocês".
O homem pegou o leite e correu para dentrofalando alto.
Depois, uma mulher passou pelo corredor carregando o leite e foi para a cozinha.
O homem a seguia segurando nos braços uma criança que chorava.
Lágrimas corriam pela face do homem e, ele começou a falar, meio soluçando:
- "Nós oramos.
Tínhamos muitas contas para pagar este mês e o nosso dinheiro havia acabado.
Não tínhamos mais leite para o nosso bebê.
Apenas orei e pedi a Deus que me mostrasse uma maneira de conseguir leite.
Sua esposa gritou lá da cozinha:
- "Pedi a Deus para mandar um anjo com um pouco de leite...
Você é um anjo?"
O jovem pegou a sua carteira e tirou todo dinheiro que havia nela e colocou-o na
mão do homem.
Ele voltou-se e foi para o carro, enquanto as lágrimas corriam pela sua face.
Ele teve certeza que Deus ainda responde aos verdadeiros pedidos.
Agora, um simples teste para você:
- Se você acredita em Deus, mande esta mensagem para todos os seus amigos,
inclusive para a mesma pessoa que te mandou.
Você tem 24 hs por dia, gaste algumas delas para fazer o bem.
Quanto tempo você leva para parar um pouquinho e ouvir Deus?

8 de fev de 2008

Decodificando o Brasileiro

Não sei se devo acreditar piamente, ou se as coisas não são bem assim... O fato é que as revistas modernas escrevem mesmo, um monte de asneiras e conselhos que nada valem às mulheres...mas estamos aí e devemos - NÓS MULHERES - estar preparadas, seja isto verdade ou fantasia... Aí está: 1º Não existe homem fiel. Vc já pode ter ouvido isso algumas vezes,mas afirmo com propriedade. Não é desabafo. É palavra de homem que conhece muitos homens e que conhecem, por sua vez, muitos homens. Nenhum homem é fiel, mas pode estar fiel (ou porque está apaixonado,(algo que não dura muito tempo - no máximo alguns meses - nem se iluda) ou porque está cercado por todos os lados (veremos adiante que não adianta cercá-lo. (Isso vai se voltar contra vc). A única exceção é o crente extremamente convicto. Se vc quer um homem que seja fiel, procure um crente, daqueles bitolados, mas agüente as outras conseqüências. 2º Não desanime. O homem é capaz de te trair e de te amar ao mesmo tempo. A traição do homem é hormonal, efêmera, para satisfazer a lascívia. Não é como a da mulher. Mulher tem que admirar para trair; ter algum envolvimento. O homem só precisa de uma bunda. A mulher precisa de um motivo para trair, o homem precisa de uma mulher. 3º Não fique desencantada com a vida por isso. A traição tem seu lado positivo. Até digo, é um mal necessário. O cara que fica cercado, sem trair é infeliz no casamento, seu desempenho sexual diminui (isso mesmo, o desempenho com a esposa diminui), ele fica mal da cabeça. Entenda de uma vez por todas: homens e mulheres são diferentes. Se quiser alguém que pense como vc, vire lésbica (várias já fizeram isso e deu certo), ou case com um viado enrustido que precisa de uma mulher para se enquadrar no modelo social. Todo ser humano busca a felicidade, a realização. E a realização nada mais é do que a sensação de prazer (isso é química, tá tudo no cérebro). A mulher se realiza satisfazendo o desejo maternal, com a segurança de ter uma família estruturada e saudável, com um bom homem ao lado que a proteja e lhe dê carinho. O homem é mais voltado para a profissão e para a realização pessoal e a realização pessoal dele vêm de diversas formas: pode vir com o sentimento de paternidade, com uma família estruturada,etc., mas nunca virá se não puder ter acesso a outras fêmeas e se não puder ter relativo sucesso na profissão. Se vc cercar seu homem (tipo, mulher que é sócia do marido na empresa. O cara não dá um passo no dia-a-dia (sem ela) vc vai sufocá-lo de tal forma que ele pode até não ter espaço para lhe trair, mas ou seu casamento vai durar pouco ou ele vai ser gordo (vai buscar a fuga na comida) ou vai ser pobre (por que não vai ter a cabeça tranqüila para se desenvolver profissionalmente. (Vai ser um cara sem ambição e sem futuro). 4º Não tente mudar para seu homem ser fiel. Não adianta. Silicone, curso de dança sensual, se vestir de enfermeira, etc.. nada disso vai adiantar. É lógico que quanto mais largada vc for, menor a vontade do homem de ficar com vc e maior as chances do divórcio. Se ser perfeita adiantasse Julia Roberts não tinha casado três vezes. Até Gisele Bunchen foi largada por Di Caprio, não é vc que vai ser diferente (mas é bom não desanimar e sempre dar aquela malhadinha). O segredo é dar espaço para o homem viajar nos seus desejos (na maioria das vezes, quando ele não está sufocado pela mulher ele nem chega a trair, fica só nas paqueras, troca de olhares). Finja que não sabe que ele dá umas pegadas por fora. Isso é o segredo para um bom casamento. Deixe ele se distrair, todos precisam de lazer. 5º Se vc busca o homem perfeito, pode continuar vendo novela das seis. Eles não existem nesse conceito que vc imagina. Os homens perfeitos de hoje são aqueles bem desenvolvidos profissionalmente, que traem esporadicamente (uma vez a cada dois meses, por exemplo), mas que respeitam a mulher, ou seja, não gastam o dinheiro da família com amantes, não constituem outra família, não traem muitas vezes, não mantêm relações várias vezes com a mesma mulher (para não criar vínculos) e, sobretudo, são muuuuuito discretos: não deixam a esposa (e nem ninguém da sua relação, como amigas, familiares, etc saberem). Só, e somente só, um amigo ou outro DELE deve saber, faz parte do prazer do homem contar vantagem sexual. Pegar e não falar para os amigos é pior do que não pegar. As traições do homem perfeito geralmente são numa escapulida numa boite, ou com uma garota de programa (usando camisinha e sem fazer sexo oral nela), ou mesmo com uma mulher casada de passagem por sua cidade. O homem perfeito nunca trai com mulheres solteiras. Elas são causadoras de problemas. Isso remete ao próximo tópico. 6º ESSE TÓPICO NÃO É PARA AS ESPOSAS - É PARA AS SOLTEIRAS OU AMANTES: Esqueçam de uma vez por todas esse negócio que homem não gosta de mulher fácil. Homem adora mulher fácil. Se 'der' de prima então, é o máximo. Todo homem sabe que não existe mulher santa. Se ela está se fazendo de difícil ele parte para outra. A demanda é muito maior do que a procura. O mercado ta cheio de mulher gostosa. O que homem não gosta é de mulher que liga no dia seguinte. Isso não é ser fácil, é ser problemática (mulher problema). Ou, como se diz na gíria, é pepino puro. O fato de vc não ligar para o homem e ele gostar de vc não quer dizer que foi por vc se fazer de difícil, mas sim por vc não representar ameaça para ele. Ele vai ficar com tanta simpatia por vc que vc pode até conseguir fisgá-lo e roubá-lo da mulher. Ele vai começar a se envolver sem perceber. Vai começar ELE a te procurar. Se ele não te procurar era porque ele só queria aquilo mesmo. Parta para outro e deixe esse de stand by. Não vá se vingar, vc só piora a situação e não lucra nada com isso. Não se sinta usada, vc também fez uso do corpo dele - faz parte do jogo; guarde como um momento bom de sua vida. 7º 90% dos homens não querem nada sério. Os 10% restantes estão momentaneamente cansados da vida de balada ou estão ficando com má fama por não estarem casados ou enamorados; por isso procuram casamento. Portanto, são máximas as chances do homem mentir em quase tudo que te fala no primeiro encontro (ele só quer te comer, sempre). Não seja idiota, aproveite o momento, finja que acredita que ele está apaixonado e dê logo para ele (e corra o risco de fisgá-lo) ou então nem saia com ele. Fazer doce só agrava a situação, estamos em 2007 e não em 1957. Esqueça os conselhos da sua avó, os tempos são outros. 8º Para ser uma boa esposa e para ter um casamento pelo resto da vida faça o seguinte: tente achar o homem perfeito do 5º item, dê espaço para ele. Não o sufoque. Ele precisa de um tempo para sua satisfação. Seja uma boa esposa, mantenha-se bonita, malhe, tenha uma profissão (não seja dona de casa), seja independente e mantenha o clima legal em casa. Nada de sufocos, de ‘conversar sobre a relação’, de ficar mexendo no celular dele, de ficar apertando o cerco, etc. Vc pode até criar ‘muros’ para ele, mas crie muros invisíveis e não muito altos. Se ele perceber ou ficar sem saída, vai se sentir ameaçado e o casamento vai começar a ruir. A última "dica": 9º Se vc está revoltada por este e-mail, aqui vai um conselho: vá tomar uma água e volte para ler com o espírito desarmado. Se revoltar quanto ao que está escrito não vai resolver nada em sua vida. Acreditar que o que está aqui é mentira ou exagero pode ser uma boa técnica (iludir-se faz parte da vida, se vc é dessas, boa sorte!). Mas tudo é a pura verdade. Seu marido/noivo/ namorado te ama, tenha certeza, senão não estaria com vc, mas trair é como um remédio; um lubrificante para o motor do carro. Isso é científico. O homem que vc deve buscar para ser feliz é o homem perfeito do item 5º. Diferente disso ou é crente, ou viado ou tem algum trauma (e na maioria dos casos vão ser pobres). O que vc procura pode ser impossível de achar, então, procure algo que vc pode achar e seja feliz ao invés de passar a vida inteira procurando algo indefectível que vc nunca vai encontrar. QUEM ESCREVEU ISSO PEGOU MUITO PESADO.... Só tenho uma coisa a acrescentar:- eu - Pukka. A mulher de hoje, moderna atuante, não se adapta mais a esse tipo de homem. Ela também tem as mesmas chances de conhecer outras pessoas...e vai lutar pela sua felicidade. Ela sabe (deve saber) que ninguém pode basear sua felicidade em uma relação. Se vc aposta tudo em uma relação, me desculpe, você deve ser ingênua ou burrinha. Devemos ter nossas individualidades preservadas...Ninguém é de ninguém, e ninguém suportaria uma relação baseada no ciúme, na desconfiança, no desamor e principalmente na traição... Alguém discorda?

29 de jan de 2008

VAMOS NOS PREVENIR

Existem coisas que a gente pensa que só acontece com os outros. O carnaval está aí, não custa ter um pouco mais de consciência!!!... Vamos nos prevenir! Vamos evitar que isso aconteça conosco!!! Divulgue o máximo possível... Divulgue para familiares, amigos, vizinhos, colegas de trabalho... Veja a foto... e comprove que cena horríve!

IPOD

IPOD Minhas amiga. Não queria fazer deste blog uma página de classificados. vendas on-line não! No entanto, desta vez, vai ter mesmo que ser pois preciso livrar-me do produto. Não sei se está interessada, mas tenho neste momento comigo cinco iPod's ao preço imbatível de apenas 25 Euros cada!!!. Podia tentar vende-los no mercado livre mas ia ter muito trabalho. Se estiver interessada, diga; qualquer coisa, eu sou capaz de arranjar mais. São de confiança. Uma amiga minha que está a trabalhar na Guiné-Bissau consegue-os a este preço e ficou de me enviar mais alguns agora no Carnaval São ligeiramente maiores do que o modelo comercializado na Europa mas em contrapartida têm um design muito mais personalizado. Diga-me se está interessada que eu vejo o que posso fazer. Já me estava esquecendo de deixar uma foto do produto. Aqui esta. Beijocas

28 de jan de 2008

Japão:Será que vc acertaria?

Que isso? Clique AQUI...e descubra

Férias

Foi desastroso. Viagra

Minha performance sexual tinha caído muito. Nem tanto pela idade, mas pelas dificuldades de relacionamento matrimonial somado a inúmeros problemas pelos quais eu passava. Semana passada, resolvi comprar o tal do Viagra. Mas que vergonha de ir comprar o medicamento. Reconhecer publicamente que tava brochando. Vergonha. Desgraça. Mas eu queria experimentar. Mas ninguém poderia saber. Ninguém. Mas como fazer com o farmacêutico? Alguém iria saber. No mínimo uma pessoa. No mínimo, não. Uma só pessoa. O farmacêutico. Afinal eu não fabrico o fármaco. Onde ir comprar? Será que em outra cidade, onde ninguém me conhecesse? Isso seria o ideal. Mas eu estava sem nenhuma viagem agendada. Teria que ser na minha cidade. Mas claro que numa farmácia em bairro que absolutamente ninguém me conhecesse. Por alguns dias fiquei imaginando uma farmácia "ideal". Foi difícil imaginar. Enfim, descolei uma. Por sinal, chamava-se Farmácia Ideal Restava agora escolher o perfil do vendedor. Uma vendedora seria melhor. Não. Nem pensar. Eu não iria entregar os pontos confirmando que tava em baixa. Não. Um homem, então. Dedução lógica. Mas reconhecer pra um concorrente que eu tinha abdicado das funções? Desgraça. As duas opções eram ruins. Parecia que o atendimento pelo homem era menos traumático. Se tivesse um vendedor de uns 70 anos seria o ideal. Ele já conhecia o problema. Se ele fosse discreto, melhor ainda. Seria como ir comprar um medicamento pra alergia e chegar lá o vendedor ser alérgico. O cara conhece tudo. Já pensou comprar de um garotão???: -Tá aqui o levanta morto, tio. Não. Mas onde achar o bom velhinho vendedor de Viagra? Escolhida a farmácia, cheguei lá, durante a manhã, quando teria menos movimento. Que nada. Várias pessoas na farmácia. Será que entro? Entrei. Veio uma gatona me atender. - Pois não, me disse. - Estou vendo uns sabonetes, respondi. E fiquei circulando na farmácia, envergonhado, cabeça baixa procurando o bom velhinho. E cadê o homem? Não existia. Continuei circulando. Uma outra senhora balconista. Não. Não servia. Mulher não. Um garotão terminava uma venda. Também não. Tinha um cara de uns quarenta anos. Parecia o indicado. Fui até ele. Quando eu chegava ao balcão, chega uma senhora de uns quarenta anos e me diz a queima roupa: - Pois não, senhor. Pô, a palavra "senhor" já pressupunha que sou velho. Diabo. E agora? Pedia ou não? Comecei pedindo um AAS adulto, que sempre preciso em casa. Ela trouxe o AAS. Bem discreta. ! ; E agora? Pedia ou não? Pedi um Pepsamar, que uso sempre. Ela trouxe o Pepsamar. Discretamente. Puta merda. Pedia ou não? Encorajei-me, enchi o pulmão de ar e com uma voz sussurrada, como que vindo do fundo de um túmulo, sussurrei: - Ah.... e um Viagra. O Ah era pra dar idéia que tinha me lembrado naquele momento. Que original. Senti que vermelhei. A balconista me olhou. Levantou a sobrancelha. Só a esquerda. Esquerda de quem olha. Me olhou como quem diz....-brochando, véio? Eu não sabia se olhava pra ela ou pro chão. Os minutos não passavam. Digo, os segundos não passavam. E a balconista me olhando como a dizer: -Velho safado, ainda quer foder, é? Que aflição. Mas a sorte já estava lançada. Não é que, nesse momento, olho ao lado e vejo um amigo meu, médico, acompanhado da esposa. Gente conservadora. Evangélicos. Me abraçaram efusivamente. Me pegaram com a boca na botija. Maior flagra!. Eu tava fodido. - Tá doente? Me disse o médico. -Não, só umas aspirinas, respondi. Eu suava inteiro. E eles não saiam dali. Que merda. Atrapalhando a compra do meu Viagra. Que desgraça. Se o tempo voltasse, eu não entraria naquela farmácia. Nunca mais. E a balconista nos olhando com aquela cara de vitoriosa. Diaba. E um outro balconista ao lado, olhando como se soubesse de tudo e também como se não soubesse de nada. Eu já nem sabia o que cada um sabia. Nisso, a balconista berrou pro outro balconista: - Já chegou o Viagra? Ontem não tinha. Acho que a farmácia inteira escutou. Eu queria chorar. De raiva. Uma semana depois ainda ressoa na minha cabeça a frase "Já chegou o Viagra?" "Já chegou o Viagra?" O balconista me olha e diz. - Temos um similar, que é como se fosse um Viagra Turbo. Viagra turbo. Puta merda. A mulher do meu amigo, que tava na farmácia, ficou vermelha. Também, acho que faz alguns anos que não transam. Empurrou meu amigo e me disseram: - Até já. A coisa não podia estar pior. Daí o segundo vendedor me diz, bem alto - Nunca usou esse similar do Viagra? É o bicho. Um pouco mais caro, mas o efeito é de 36 horas. Como se eu fosse um garoto de programa, que precisasse de desempenho total. Eu achei que fosse desmaiar de tanto mal estar. Deixe quieto, eu falei. - Não, não, disse a vendedora E gritou pra um vendedor do final do balcão: - Tem Viagra ou não, Jair???. -Pra quem que é o Viagra, diz o Jair? Será que tinham que pronunciar a palavra Viagra sempre? -Pra esse senhor aqui, Jair, diz a diaba. E aponta com a cabeça em minha direção. E que outra direção poderia ser? -O senhor chegue aqui, diz o Jair. E a mulher do meu amigo médico, ali por perto, como se não tivesse escutando nada, mas acompanhando tudo. Aquela cadela. Azar é pra quem tem. Acredito que ela ali da farmácia, via celular, já fazia a notícia circular no bairro: o Dico não fode mais. - Fui até o Jair, como o maior pecador chegando até São Pedro, o que faz os julgamentos na entrada do céu. O Jair lazarento me olhou como quem diz.... Muito bem, seu broxa. - O senhor quer embalagem com quantos? -Com quantos tiver....... sussurrei, meio gaguejando. Eu queria é ir embora. Que o chão se abrisse. Nem que eu não fodesse nunca mais. Se eu tivesse imaginado o pior, não seria tão ruim quanto foi. Peguei o Viagra com o Jair lazarento e voltei até a diaba. - Que bom que tinha, diz a diaba. Como se eu fosse transar com ela. Aquela bruxa. Eu ia precisar da cartela inteira com ela. Aliás, nem com a cartela inteira. Peguei a nota e saí em direção ao caixa. E o médico meu amigo, grita: - Até mais, Dico. A mulher dele não levantou a cabeça, continuou olhando uns sabonetes. Mas pensando no Viagra. Aquela véia. Que tragédia. Mas o medicamento foi o bicho. Sem dúvida. Uma semana depois vi que eu tinha feito uma besteira. Eu tinha que ter comprado várias cartelas. Agora eu tinha que recomeçar tudo. E por onde? Voltar lá com a diaba e com o Jair lazarento? Nunca. Mas por outro lado, eles já me conheciam. Seria como que um segredo profissional. Melhor do que ir a outra farmácia e a notícia se alastrar. É, tive que começar tudo de novo. Hoje pela manhã voltei na farmácia do Jair lazarento e da Diaba, a Farmácia Ideal. Ideal o cacete. Puto da vida. Não é que quando chego lá no balcão dos fundos, vem aquela puta da esposa do meu amigo médico, (tavam lá de novo) me olha e antes de me dar bom dia, me diz: -Virou freguês, é ? E deu uma gargalhadinha, com sorriso de hiena. Cadela. Vagabunda. Feia. Véia. Vó. Miss Inferno. Fiquei vermelho, olhei pro balcão e vi o Jair Lazarento e a Diaba. Essa, meio que sorrindo como quem diz: - O Brocha voltou. Gostou da festa. Filhos da put*. Nem vou contar o resto. Mas sofri muito de novo

23 de jan de 2008

Essa é forte.

Pensem um pouco antes de ver a resposta. Essa realmente é de lascar... Uma freira estava cuidando de trigemeos recem-nascidos e tinha que colocar um supositório em cada nenenzinho Depois de colocar o primeiro supositório, o telefone tocou, e ela foi atender. Quando voltou, não se lembrava em qual das crianças tinha posto o supositório. QUAL É O NOME DA FREIRA ??? Pensem, não desistam... não é loira não...se não adivinharem, vejam lá embaixo... Resposta: MADRE TERESA DE QUAL CÚ TÁ

O PAPA E A NESTLÉ

Nestlé solicitou uma reunião com o Papa no Vaticano. Após receber a benção do mesmo, o representante cochichou: - Vossa Santidade, nós temos uma oferta. A Nestlé está disposta a doar US$ 50 milhões à Igreja se Vossa Santidade mudar a frase da oração Pai Nosso, de "o pão nosso de cada dia nos dai hoje" para "o chocolate nosso de cada dia nos dai hoje". O Papa responde: - Isto é impossível. A oração é a bíblica e não pode ser mudada. - Bem, diz o homem, nós já prevíamos sua relutância e, por isso, nós aumentamos a oferta para US$ 100 milhões. Tudo o que pedimos é que se mude a frase de pão para chocolate. Novamente o Papa responde: - Isto, meu filho, é impossível. A prece fala "o pão nosso" e não pode ser mudada. Finalmente, o homem da Nestlé diz: - Vossa Santidade, nós da Nestlé respeitamos vossa fé, mas nós temos uma oferta final: doaremos US$ 500 milhões para a Igreja Católica, simplesmente se a frase "o pão nosso de cada dia" for mudada para "o chocolate nosso de cada dia". Por favor, pense nisso. No dia seguinte, o Papa convoca o Colégio dos Cardeais e diz: - Tenho 2 notícias para dar: um má e a outra boa. A boa notícia é que a Igreja vai receber uma doação de US$ 500 milhóes. - E a má notícia, Santidade? ^ pergunta um dos cardeais. Responde o Papa: - Nós vamos rescindir o contrato com a Pulmam...

LEIA ATÉ O FIM!!! É MUITO ENGRAÇADO!!!!

Patrícia Santos - Diretora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS. Data: 01 de dezembro Assunto: Festa de Natal Tenho o prazer de informar que a festa de Natal da empresa será no dia 23 de dezembro, com início ao meio-dia, no salão de festas privativo da Churrascaria Grill House. O bar estará aberto com várias opções de bebidas. Teremos uma pequena banda tocando canções tradicionais de natal...sinta--se à vontade para se juntar ao grupo e cantar! A árvore de Natal terá suas luzes acesas às 13:00. A troca de presentes de amigo secreto pode ser feita a qualquer momento, entretanto, nenhum presente deverá exceder R$20,00, a fim de facilitar as escolhas e adequar os gastos a todos os bolsos. Boas festas para vocês e suas famílias, Patrícia ____________-_________-_________-_________-_________-_________-_ Patrícia Santos - Diretora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS. Data: 02 de dezembro Assunto: Festa de Natal De maneira alguma nosso memorando de 01 de dezembro pretendeu excluir nossos funcionários judeus! Reconhecemos que o Chanukah é um feriado importante e que costumam coincidir com o Natal, mas isso não aconteceu este ano. De qualquer forma, passaremos a chamá-la de 'Festa de Final de Ano'. A mesma política se aplica a todos os outros funcionários que não sejam cristãos e àqueles que ainda celebram o Dia da Reconciliação. Não haverá árvore de Natal. Nada de canções de natal nem coral. Teremos outros tipos de música para seu entretenimento. Felizes agora? Boas festas para vocês e suas famílias, Patrícia ____________-_________-_________-_________-_________-_________-_ Patrícia Santos - Diretora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS. Data: 03 de dezembro Assunto: Festa de Natal Com relação ao bilhete que recebi de um membro do Alcoólicos Anônimos solicitando uma mesa para pessoas que não bebem álcool... você não assinou seu nome! Fico feliz em atender o pedido, mas se eu puser uma placa na mesa 'Exclusivo para AA', vocês não serão mais anônimos... Como faço então? Nenhuma troca de presentes será permitida, uma vez que os membros do sindicato acham que R$20,00 é muito dinheiro e os executivos acham que $20,00 é muito pouco para um presente. NENHUMA TROCA DE PRESENTES SERÁ PERMITIDA, certo? Patrícia ____________-_________-_________-_________-_________-_________-_ Patrícia Santos - Diretora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS. Data: 07 de dezembro Assunto: Festa de Natal Eu não sabia que no dia 20 de dezembro começa o mês sagrado do Ramadan para os muçulmanos, que proíbe comer e beber durante as horas do dia. Talvez a Churrascaria Grill House possa segurar o serviço de bufê até o fim do dia - ou então, embalar tudo para que vocês levem para casa nas marmitas. O que vocês acham disso? Novidades: neste meio tempo, consegui que os membros do Vigilantes do Peso sentem o mais longe possível do bufê de sobremesas; as mulheres grávidas sentem-se o mais perto possível dos banheiros; teremos assentos mais altos para pessoas baixas e comida com baixa-caloria estará disponível para os que estão de dieta. Nós não podemos controlar a quantidade de sal utilizada na comida. Desta forma, sugerimos para estas pessoas com pressão alta provar o gosto primeiro. Haverá frutas frescas de sobremesa para os diabéticos. O restaurante não dispõe de sobremesas sem açúcar. Nossas profundas desculpas. Esqueci de alguma coisa? Patrícia ____________-_________-_________-_________-_________-_________-_ Patrícia Santos - Diretora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS FILHOS DA PUTA QUE TRABALHAM NESTA EMPRESA Data: 08 de dezembro Assunto: Festa de Natal DO CARALHO Vegetarianos!-?!?!??! Sim, vocês também tinham que dar sua opinião de merda ou reclamar de alguma coisa!!! Nós manteremos o local da festa na Churrascaria Grill House; quem não gostar, foda-se! Então, como alternativa, seus putos, vocês podem sentar-se quietinhos na mesa mais distante possível da tal 'churrasqueira da morte' - como vocês se referiram de forma bastante depreciativa ao utensílio. E vocês terão também sua mesa de saladas de merda, incluindo tomates hidropônicos da casa do caralho & arrozinho grudento pra comer de pauzinho. Aqueles que, naturalmente, ainda não gostaram, podem enfiar tudo no cu. Ah, espero que vocês todos tenham uma bosta de festa de final de ano! E que dirijam muito, muito bêbados e morram todos, todinhos esturricados por aí. Escutaram? A Vaca, diretamente da puta que os pariu. ____________-_________-_________-_________-_________-_________-_ Dr. Pacheco - Diretor de Recursos Humanos INTERINO COMUNICADO PARA TODOS OS funcionários Data: 10 de dezembro Assunto: Patrícia Santos e Festa de Final de Ano Tenho certeza que falo por todos desejando para a Patrícia um rápido restabelecimento para sua crise de stress. Por conta deste fato, a diretoria decidiu cancelar a Festa de Final de Ano e dar folga remunerada para todos na tarde do dia 23 de dezembro. Boas Festas, Jonas

6 de jan de 2008

Sexóloga radical e estressada

Um pouco de besteira não faz mal a ninguém... 01 - Tenho 20 anos e não transei ainda porque gostaria que a 1ª vez fosse com um namorado fixo. O que você acha? R: Minha 1ª vez também foi com um namorado fixo. Eu o amarrei na cama. 02 - O que fazer para surpreender um namorado tímido na primeira noite? R: Apareça com um amante. 03 - Tenho um amigo que quer fazer sexo comigo, mas ele tem um pênis de 24cm Acho que vai ser doloroso, o que faço? R: Manda pra cá que eu testo pra você. 04 - Como faço para seduzir o rapaz que eu amo? R: Tire a roupa! Se ele não te agarrar, cai fora que é gay. 05 - Terminei com meu ex porque ele é muito galinha e agora estou com outro. Mas ainda gosto do ex e às vezes ainda fico com ele! O que devo fazer? R: Quem é mesmo galinha nesta história? 06 – Quero saber como enlouquecer meu namorado só nas preliminares. R: Diga no ouvidinho dele: 'minha menstruação está atrasada...' 07 - Como usar a criatividade em uma transa no banheiro? R: Já usou desentupidor de pia? 08 - Saí com um gatinho e foi ótimo. Só que agora fico com o maior medo de ligar para ele. Será que devo? R: Depende. O gatinho sabe cagar na caixa de areia? 09 - Sou feia, pobre e chata. O que devo fazer para alguém gostar de mim? R: Ficar bonita, rica e ser legal. Obviamente. 10 - O cara com quem estou saindo é muito legal, mas está dando sinais de ser alcoólatra. O que eu faço? R: Não deixe ele dirigir. 11 - Por que, na hora do sexo, quando a gente está no vai e vem, na hora em que o corpo entra em atrito e faz aquele barulho de quem está batendo palmas, a gente fica mais excitado? R: É porque parece que tem torcida, tá ligado? Da próxima vez grite pra galera. 12 - Apesar do meu tamanho, eu tenho apenas 13 anos de idade e não tenho uma cara propriamente linda. O que fazer para conseguir comer umas gatas. R: Nesta idade você tem que comer Sucrilhos, entende? 13 - Tenho 28 anos e sou virgem, não agüento mais esta situação. Como mudá-la o mais rápido possível? R: Está em Porto Alegre? Vai na Voluntários da Pátria (rua de prostitutas)e leve uns 30 reais. Caso contrário trate de virar líder da LOC ou do MST. 14 – Sou virgem e rolou, pela primeira vez de fazer sexo oral. Terminei engolindo o negócio e quero saber se corro o risco de ficar grávida. Estou desesperada! R: Claro que corre o risco de ficar grávida. E a criança vai sair pelo seu ouvido. 15 - A primeira vez dói? Tenho 21 anos e ainda não transei porque tenho medo de doer e não agüentar. R: Dói tanto que você vai ficar em coma e NUNCA mais vai levantar. Vê se deixa de ser fresca, e dá de uma vez, ô Cinderela!!! 16- Posso tomar anticoncepcional com diarréia? R: Eu tomo com água, mas a opção é sua. Espero que use copo descartável

"viva a INGUINORÂNICA"...que nos faz rir!!

PROVA DE REDAÇÃO DA UFMG Onde vamos parar? Vejam só o que alguns dos vestibulandos foram capazes de escrever na prova de redação da Universidade Federal de Minas Gerais, tendo como o tema: "A TV FORMA, INFORMA OU DEFORMA?" A seleção foi feita pelo prof. José Roberto Mathias. "A TV possui um grau elevadíssimo de informações que nos enriquece de uma maneira pobre, pois se tornamos uns viciados deste veículo de comunicação". (Deus!) "A TV no entanto é um consumo que devemos consumir para nossa formação, informação e deformação". (Fantástica!) "A TV se estiver ligada pode formar uma série de imagens, já desligada não..." (Ah bom, uma frase sobrenatural ) . "A TV deforma não só os sofás por motivo da pessoa ficar bastante tempo intertida como também as vista" (Sem comentários ). "A televisão passa para as pessoas que a vida é um conto de fábulas e com isso fabrica muitas cabeças" (Como é que pode ?). "Sempre ou quase sempre a TV está mais perto denosco (?), fazendo com que o telespectador solte o seu lado obscuro" ( esta é imbatível). "A TV deforma a coluna, os músculos e o organismo em geral" (É praticamente uma tortura !). "A televisão é um meio de comunicação, audição e porque não dizer de locomoção" (Tudo a ver). "A TV é o oxigênio que forma nossas idéias" (Sem ela este indivíduo não pode viver). "...por isso é que podemos dizer que esse meio de transporte é capaz de informar e deformar os homens" (Nunca tentei dirigir uma TV ). "A TV ezerce (Puxa!!!) poder, levando informações diárias e porque não dizer horárias" (Esse é humorista, além de tudo). "E nós estamos nos diluindo a cada dia e não se pode dizer que a TV não tem nada a ver com isso" (Me explica isso? ). "A televisão leva fatos a trilhares de pessoas" (É muita gente isso, hein?). "A TV acomoda aos tele inspectadores" (Socorro!!!). " A informação fornecida pela TV é pacífica de falhas" (Vixe!). "A televisão pode ser definida como uma faca de trezgumes. Ela tanto pode formar, como informar, como deformar" (Puta que pariu, onde essa criatura arrumou esta faca???).

Engenharia_Quí mica_da_UFBA

Pergunta feita por Professor(a) da matéria Termodinâmica, no curso de engenharia química da UFBA em sua prova final. Este(a) Professor(a) é conhecido(a) por fazer perguntas do tipo "Por que os aviões voam?" em suas provas finais. Sua única questão nesta prova para sua turma foi: "O inferno é exotérmico ou endotérmico? Justifique sua resposta." Vários alunos justificaram suas opiniões baseadas na Lei de Boyle ou em alguma variante da mesma.Um aluno, entretanto, escreveu o seguinte: "Primeiramente, postulemos que o inferno exista e que esse é o lugar para onde vão algumas almas. Agora postulamos que as almas existem, assim elas devem ter alguma massa e ocupam algum volume . Então um conjunto de almas também tem massa e também ocupa um certo volume. Então, a que taxa as almas estão se movendo para fora e a que taxa elas estão se movendo para dentro do inferno? Podemos assumir seguramente que,uma vez que uma alma entra no inferno, ela nunca mais sai de lá. Por isso não há almas saindo. Para as almas que entram no inferno, vamos dar uma olhada nas diferentes religiões que existem no mundo e no que pregam algumas delas hoje em dia. Algumas dessas religiões pregam que se você não pertencer a ela, você vai para o inferno ... se você descumprir algum dos 10 mandamentos ou se desagradar a Deus você vai para o inferno. Como há mais de uma religião desse tipo e as pessoas não possuem duas religiões, podemos projetar que todas as almas vão para o inferno. A experiência mostra que pouca gente respeita os 10 mandamentos. Com as taxas de natalidade e mortalidade do jeito que estão, podemos esperar um crescimento exponencial das almas no inferno. Agora vamos olhar a taxa de mudança de volume no inferno. A Lei de Boyle diz que para a temperatura e a pressão no inferno serem as mesmas, a relação entre a massa das almas e o volume do inferno deve ser constante. Existem, então, duas opções: 1) Se o inferno se expandir numa taxa menor do que a taxa com que as almas entram, então a temperatura e a pressão no inferno vão aumentar até ele explodir, portanto EXOTÉRMICO. 2) Se o inferno estiver se expandindo numa taxa maior do que a entrada de almas, então a temperatura e a pressão irão baixar até que o inferno se congele, portanto ENDOTÉRMICO. Se nós aceitarmos o que a menina mais gostosa da UFBA me disse, no primeiro ano: "Só irei pra cama com você no dia que o inferno congelar", e levando-se em conta que AINDA NÃO obtive sucesso na tentativa de ter relações amorosas com ela, então a opção 2 não é verdadeira.Por isso, o inferno é exotérmico." O aluno tirou 10 na prova. CONCLUSÕES: "A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original." (Albert Einstein) "A imaginação é muito mais importante que o conhecimento" (Albert Einstein) "Um raciocínio lógico leva você de A a B. A imaginação leva você a qualquer lugar que você quiser" (Albert Einstein)
online