15 de mai de 2009

Era uma vez um passarinho...

Era uma vez um passarinho... Um passarinho cansado de sua rotina resolveu procurar novos horizontes e voou para bem longe de sua casa. Só que o pobre pássaro voou para tão longe e tão alto que sem perceber se deparou em uma região muito fria, por causa do frio o coitadinho congelou e caiu. Caiu em um pasto onde uma vaca se encontrava, a mesma vendo o passarinho congelado de frio cagou em cima dele. A merda tava quentinha e descongelou o pássaro, que todo contente começou a cantarolar. Um gato que por ali passava, ouviu a cantoria do pássaro, encontrou-o na merda, tirou o mesmo de lá, o limpou e comeu. MORAL DA HISTÓRIA Nem sempre aquele que caga em você é seu inimigo. Nem sempre aquele que o tira da merda é seu amigo. Se estiver na merda, mas estiver quentinho e feliz não abra a bocona. A paz interior Li um artigo de uma conceituada revista que dizia: "O caminho para encontrar a paz interior é terminar todas as coisas que você começou." Então, ontem, olhei ao meu redor para ver todas as coisas que eu tinha começado e não havia acabado. Em seguida, eu terminei com duas caixas de Brahma, meia garrafa de Black Label e uma garrafa já aberta de Absolut... Você não tem idéia de como eu fiquei em paz... Até flutuava... "QUE A PAZ ESTEJA CONVOSCO TAMBÉM"

Nenhum comentário:

online