10 de dez de 2007

Senhora é a vovozinha!


Senhora, eu?

Senhora é a vovozinha. A sua vovozinha, porque a minha continua amassando pão e revolvendo a horta! E ainda pisca o olho para o gerente do banco, a danadinha.

Quando foi que começaram a me chamar de senhora?

Será que eu sei?

Será que foi quando aquele rapaz me deixou passar na frente na fila do supermercado?

Será que foi quando eu fui pintar o cabelo, não para ficar "fashion", mas para esconder os brancos?

Será que foi quando passei chispando pela lojinha de jeans e entrei na de roupas clássicas?

Será que foi quando eu comentei com o colega mais novo que ele tinha que sair mais porque, afinal, no meu tempo a gente saía de montão?

Será que foi quando bocejei desesperadamente naquela festa, louca pelo meu pijama velhinho e os meus lençóis de algodão?

Será que eu sei?

Será que foi quando escolhi a estação de águas para passar o feriadão?

Será que foi quando me escandalizei com o beijo daquele casal na rua?

Será que foi quando disse "antigamente" pela primeira vez?

Será que foi quando parei de usar calcinha cavada?

Será que foi quando decidi pelo marrom ao invés do pink?

Quando foi mesmo que começaram a me chamar de senhora?

Será que foi quando perdi a paciência com aquela criança no restaurante?

Será que foi quando parei de passear a esmo?

Será que foi quando me senti satisfeita com apenas um abraço e um “boa noite”? E dei graças a Deus?

Será que foi quando me resignei com aquela injustiça?

Será que foi quando disse sim quando queria dizer não?

Será que eu sei?

Quando? Quando foi que começaram a me chamar de senhora?

E quando foi, meu Deus, que eu comecei a aceitar?


Sara Maria Binatti dos Anjos

Nenhum comentário:

online