25 de ago de 2009

Aos meus amigos,Miss Yang e Rolando

Há amizades que são feitas de risos e dores compartilhados; outras de escola; outras de saídas, cinemas, diversões, há ainda aquelas que nascem a gente nem sabe de quê, mas que estão presentes. Talvez essas sejam feitas de silêncios compreendidos, ou de simpatia mútua sem explicação. Hoje em dia, muitas amizades são feitas só de e-mails e essas não são menos importantes. Dessa forma, podemos ter vários melhores amigos de diferentes maneiras. O importante é saber aproveitar o máximo cada minuto vivido e ter depois no baú das recordações horas para passar com os amigos, mesmo quando estes estiverem do outro lado do mundo. Sim digo do outro lado do mundo,pois tenho dois amigos que escrevem maravilhosamente bem e eu viajo nos respectivos blogs Miss Yang com seu Con-fuso e Rolando com Entremares que lêem meu blog,tbém e sempre deixam comentarios carinhosos,isso para mim não tem preço, é gratificante. Silvana e Rolando ,mesmo estando distantes aprendi a amar vocês. Obrigada amigos,que Deus os abençoem sempre.

3 comentários:

Luciano Braz disse...

Que bela amizade menina? ... parabens ... um super abraço e boa quarta feira pra ti e seus amigos !

Luciano Braz

Miss Yang disse...

Nossa, por essa eu não esperava...
To aqui só o caquinho depois de um domingo da-que-les que logo logo tu vai saber por que e memocionei com teu carinho e dedicatória tão verdadeiro.
Tenho certeza de que a distância que os entremares que separam tanto eu e o queridíssimo Rolando de nuestro corazón de ti não mensuram o tamanho afeto e amizade que conseguimos construir através dessas teclinhas.
É tão bom saber que mesmo morando longe e tão carente de amizades verdadeiras por aqui eu posso encher o peito de orgulho e dizer com um enorme sorriso nos lábios que eu tenho uma amiga virtual de verdade e que gosta de mim do jeitinho que sou.
Menina, tu é porreta!!!!
Amo Tu!!!!

entremares disse...

Hey... agora é que ficou complicado, estou emocionado. Estou como a Miss Yang... como podia esperar?

E é verdade... como é possível sentir assim empatia por certas pessoas, cada uma em seu canto do mundo? Não sei, mas também não estou preocupado em descobrir, os amigos são como pedras preciosas, são raros demais para achar... e deitar fora a seguir.

Só te posso dizer: Obrigado por existires.

Um grande beijo, cá deste lado.
Rolando

online